terça-feira, 30 de junho de 2015

Após liberação de casamento gay, Malafaia manda fiéis boicotarem tudo que venha dos EUA e é agredido em altar.   Nesta última sexta-f...

Silas Malafaia é agredido em altar.

 
Após liberação de casamento gay, Malafaia manda fiéis boicotarem tudo que venha dos EUA e é agredido em altar.

Nesta última sexta-feira (26), não acabou bem o culto de hora do almoço do pastor Silas Malafaia na sede da Igreja em Cristo no Rio de Janeiro. Durante o sermão, Malafaia citou a notícia de que a Corte Suprema americana liberou o casamento gay para todo o país e pediu aos fiéis um novo boicote, desta vez contra todos os produtos de marcas americanas.
Nesta hora, um rumor começou a surgir no meio da multidão, que logo se transformou em vaias. Como Malafaia insistia que tudo o que fosse americano deveria ser boicotado “para dar uma lição ao inimigo”, as pessoas começaram a se agitar mais. Uma mulher observou que o pastor usava uma camisa Ralph Lauren e que o microfone era da marca Shure, ambas americanas.
“Como ele ia insistindo nisso, o pessoal foi fazendo as contas na cabeça ali de quantas coisas teria que abrir mão, né, vender o carro se for da Ford ou Chevrolet, aí o pessoal foi ficando meio nervoso e avançou para o altar”, conta o pedreiro Macsuselington Silva, testemunha do ocorrido. “Um cara tomou o microfone da mão dele e outros dois empurraram ele no chão, ficou feia a coisa, muito grito”
Seguranças presentes logo separaram a briga e Malafaia teve tempo de dizer que suspendia o boicote aos Estados Unidos antes de desaparecer nos bastidores.
                                                                                 - M Zorzanelli

 
Via: http://sensacionalista.uol.com.br 
Ą
Created By Sora Templates